Celular – você é um bom usuário?!

As pessoas se tornaram dependentes (literalmente) dos seus celulares. Eles tem quase status de um membro da família ou de um pet( podendo rivalizar com cachorros e gatos). Exageros a parte(acredite, isto existe), as pessoas conduzem negócios profissionais e pessoais neles, não importa onde estejam. Embora falar ao celular seja cada vez mais raro (as pessoas preferem mensagens de texto), muitas parecem não se importar que os outros as ouçam. A etiqueta na internet ou no uso dos celulares não é assunto novo, mas devido a sua complexidade e interferência (muitas das vezes bem negativa) nas relações interpessoais, buscamos ressaltar alguns pontos para alertar o usuário. São eles:

– Desligar o celular ou ativar a função vibracall, é uma prática que demonstra respeito e consideração para com os demais, quando se está no cinema, salas de espetáculo em geral, cerimônias, etc.

-Se você for empregado, quando em local de trabalho, deve se dedicar a execução das tarefas para as quais foi contratado. Se interrompe continuamente o seu trabalho para receber ou fazer ligações telefônicas ou mensagens, está deixando de produzir. Se voce trabalha com vendas, priorizar o uso do celular diante de um cliente então, nem pensar. Em atividades quando o desvio de atenção pode comprometer o processo de produção ou até mesmo colocar em risco a sua vida e a de outras pessoas, o seu uso é terminantemente proibido.

-Durante uma reunião ou almoço de negócios (ou mesmo com amigos, namorada(o),esposa, marido, família, etc), coloque também o celular na função vibracall ou desligue-o. As mensagens de texto ou voz estarão lá, assim que você acessar seu celular, não tenha medo, portanto, de perder alguma coisa. Assegure-se que a pessoa que está com você ao vivo e a cores, tenha toda sua atenção. Deixar de priorizar alguém para atender ao celular ou checar/enviar mensagens, etc além de expor a outra pessoa, fazendo-a se sentir inferior ou sem importância , poderá até mesmo magoá-la pelo seu comportamento.

Mensagens de texto/voz
Recentemente, o aplicativo Whatsapp chegou a marca de 1 bilhão de usuários em todo o mundo, tornando-se o maior e tambem o mais rapido canal de comunicação. Além da sua facilidade de uso e funcionalidades, o Whatsapp é gratuito, o que explica em parte o volume monstruoso de mensagens trocadas(e convenhamos a maioria de qualidade duvidosa).
Conversas e mensagens de texto tendem a distrair as pessoas daquilo que acontece a sua volta. O usuário de telefone celular deve ser ponderado, cortês e respeitar as pessoas. É necessário, portanto, observar algumas regras para essa troca de mensagens:

– Envie mensagens curtas e objetivas. Se voce estiver repassando uma mensagem que tenha achado interessante, verifique antes a veracidade da mesma. Não seja mais um replicador de spam´s. Evite enviar também mensagens repetitivas de bom dia, boa tarde e boa noite para as pessoas.

– Se voce planeja enviar ou repassar uma mensagem para algum grupo do qual faça parte, reflita se o referido assunto poderia ser de interesse geral. Talvez apenas um ou dois componentes do grupo poderiam ter identificação ou interesse com o tipo de mensagem que voce pretende enviar. Nesses casos, a boa prática recomenda que voce envie a mensagem separadamente para essas pessoas e não para o grupo todo.

– Evite enviar mensagens de voz. Lembre-se que o destinatário poderá não estar em local privativo, ou mesmo não estar de posse de um fone de ouvidos, o que certamente dificultara que ele ouça a mensagem. Pior, se ele não for adepto das boas regras de convivencia, poderá fazer com que todos a sua volta tenham que ouvir a mensagem.

– Ao dirigir, não fale nem troque mensagens de texto. Nenhum assunto é superior a sua integridade física e dos demais a sua volta. Se for realmente importante, encoste seu carro em local seguro, fale ou envie mensagem.

Especialistas em tecnologia afirmam que o celular no padrão existente atualmente (formato, funcionalidades, interface, etc) desaparecera em dez ou vinte anos. Quando essa nova tecnologia estará de fato acessível a população, ainda não se pode prever, portanto, ainda temos muito tempo para nos educarmos e fazermos bom uso do celular, ou no mínimo, nos prepararmos para o que ainda virá.

Por fim, experimente passar um único dia sem celular ou apenas algumas horas. Voce poderá se surpreender com o resultado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *